Domingo, 03 Janeiro 2016 21:20

Fortaleza vence amistoso diante do Maranguape Destaque

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)
Fortaleza vence amistoso diante do Maranguape Ronaldo Déber

Na tarde deste domingo 03, Fortaleza e Maranguape se encontraram no Estadio Alcides Santos de propriedade do tricolor de aço.

Ao final da primeira etapa o placar ainda estava 0x0, ambas as equipes buscaram incessantemente na primeira etapa o gol, .sem conseguir.

O Leão "sob nova direção" mais entrosado, jogava melhor, porem o Maranguape, bem estruturado em sua defesa, garantiu a invencibilidade da meta defendida pelo goleiro Theo.

Iniciada a segunda etapa o Fortaleza trazia alguma mudanças dentre elas o atacante Elias, o qual fez toda a diferença no jogo.

Logo no inicio da segunda etapa, cobrando falta Elias abriu o marcador. Minutos depois depois de uma boa trama em uma cobrança de escanteio, Elias novamente se destaca e por cobertura consegue vencer toda a zaga maranguapense e marca o segundo gol tricolor , sem chances para o goleiro do "Gavião da Serra".

O Maranguape ensaiou uma reação e andou assustando a meta agora defendida por Elivelton , Leandro acerta a trave . Guilherme perde grande oportunidade e Dudu cearense, de cabeça fecha o placar.

Feliz, a galera tricolor que compareceu em grande escala ao estádio Alcides Santos, saiu de campo sorrindo de orelha a orelha.

Ficha Técnica

Fortaleza 3x 0 Maranguape

Amistoso – 03/01/2016

Estádio Alcides Santos – Fortaleza- Ceará

Arb. Luís Carlos Vieira

Aux 1. Antônio Alber

Aux2. Claudio Roberto

Gols: Elias(2) e Dudu Cearense

Fortaleza Ricardo Berna (Elivelton), Felipe, Bruno, Max Oliveira e Jean Mota: Guto, Eduardo (Ernando), Corrêa(Elias)e Daniel (Dudu Cearense): Everton (Junior) e Hudson (Núbio Flavio).

Técnico: Flavio Araújo

Maranguape:

Téo(Maílson), Emerson, Junior Alves (Artur), Jhony e Janeilton(Wesley): Anderson (Albano) (Josias), Piter(Guilherme), Gaúcho (Josias), e Ronaldinho(Leandro): Jessui (Bruno) e Nilsinho(Adilson).

Técnico: Reginaldo França

 

Ronaldo Déber

Lido 441 vezes